Veja este recurso que torna a segurança perimetral ainda mais completa e entenda como funciona a tecnologia do sensor de detecção por cabo de fibra óptica conhecendo suas vantagens!

Um projeto de segurança perimetral deve atender requisitos como a escolha do equipamento adequado, que tornam a segurança eficiente durante toda extensão da área monitorada. Neste sentido existem vários recursos, alguns mais comuns como cercas elétricas, sensores IVA ou cabos microfônicos. Mas, acompanhando as novas tecnologias – cada vez mais discretas e sensíveis a eventos, temos o Sensor de Detecção de Intrusão por cabo de fibra óptica, uma tecnologia prática e de alta performance.

A tecnologia é excelente para identificar intrusões com precisão em áreas extensas. Uma mesma instalação protege um ambiente munido de grades, alambrados, muros de alvenaria e até instalações subterrâneas. Ainda, não tem necessidade de alimentação ou componentes eletrônicos para seu funcionamento e tem uma previsão de vida útil de 25 anos.

 

Como funciona

Por meio de análise dos sinais da luz que trafega por toda extensão da fibra óptica, completa-se um ciclo que passa a informação sobre a extensão da área monitorada. Com isso, se tem a informação detalhada sobre qualquer movimentação na área.

 

Precisão

Quando um movimento é identificado, ele é exibido com a mesma intensidade de energia gerada pelo evento ocorrido. Na prática, este sensor é capaz de detectar invasores que cortam, escalam ou levantam a estrutura da cerca por meio da análise dos sinais gerados pela movimentação e impactos do cabo.

Se você busca ainda mais confiança em seu sistema de segurança, sensor de detecção por cabo de fibra óptica é a opção ideal.

Para saber mais sobre as tecnologias da EMBRASP, clique aqui